01/04/2017

O que é ser de Esquerda? Síndrome do Novo Convertido

Por que ser de Esquerda?
Ser de Esquerda é um estilo de vida, é uma filosofia, quase uma religião.

Nas postagens anteriores eu compartilhei por aqui porquê me identifico politicamente com o viés esquerdista e também contei uma experiência pessoal. Infelizmente nós quase sempre visualizamos o mal só quando ele ocorre com a gente. Eu demorei a enxergar a vida e o mercado de trabalho como ele é, precisei passar por uma experiência ruim pra me dar conta disto. Talvez pra você ser de esquerda não faça sentido, mas não precisa fazer, hoje eu não me importo mais com isso. Mas já me importei muito.

Existe uma situação que chamo de "síndrome do novo convertido" e é algo que sempre critiquei, mas acabei pagando a língua. Minha mãe sempre dizia que "Os evangélicos que frequentavam a igreja desde pequenos não são um problema, o problema são os que se converteram depois de adultos". Eu não entendia esta frase na época mas hoje tudo faz sentido.

Eu desmerecia pessoas religiosas que no passado "pecaram" e hoje em dia se converteram. Não me importo com a submissão de alguém a uma nova religião mas me incomodava bastante quando estas pessoas queriam me converter também. De fato, isto ainda me incomoda: Detesto gente que quer empurrar sua religião goela abaixo dos outros. Mas hoje em dia tenho um pouco mais compreensão e paciência.

Quando me descobri esquerdista e feminista eu pensava: Como alguém pode ser contra esta ideologia? Em minha cabeça parecia algo tão perfeito que era inadmissível outra filosofia. Eu ficava revoltada com as críticas e quando alguém negava essa política. Ficava pra morrer com mulheres negando o feminismo, com pessoas pobres negando a esquerda e com a desinformação acerca de políticas socialistas. Mas então comecei a enxergar na vida política muitas semelhanças com a religião: isso abriu muito minha mente.

Ainda gostaria que o mundo fosse feminista, ainda gostaria de uma revolução comunista no Brasil, mas entendo o quanto é chato empurrar esses ideais para alguém.

Peço desculpas a quem ofendi no passado, estou dia a dia tentando me policiar e extrair de bom tudo que puder, seja de quem for. Quando perdemos a capacidade de enxergar nossos próprios erros é porque entramos em estado de alienação.

Sei que a Esquerda é frequentemente alvo de críticas mas uso este espaço deste blog pra expôr o que penso e o que sei sobre o assunto. Não existe modelo social perfeito, não existe modelo econômico perfeito e não existe filosofia de vida perfeita em prática, mas vivo de um jeito que tento ser o melhor que posso pra minha sociedade e pra mim mesma. Foi na Esquerda que encontrei respostas para muitos dilemas, aprendi o sentido verdadeiro dos estudos na nossa vida, aprendi amar as ciências humanas e também a me colocar no lugar dos outros.

Se sua religião/ crença/ filosofia de vida ou viés político faz isto por você, saiba que tens meu apoio. Não há sentimento maior no coração de um esquerdista que o amor pela revolução 💖

Thainá Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mensagens mal educadas e palavrões não serão aceitos*